Imagem capa - Um dia na vida de um fotógrafo de Casamento por Arisa Doy Baldin Rouanet

Um dia na vida de um fotógrafo de Casamento

Primeiro de tudo: se preparar.

O dia do casamento começa muito, muito antes do Grande Dia. O que eu e Arisa fazemos sempre é conhecer a fundo os noivos. Virar “best friends” dos noivos. Nos reunimos, tentamos descobrir aquilo que mexe com os seus sentimentos, suas expectativas. Queremos criar um espelho de tudo o que a noiva imaginou para o tão esperado dia: o Casamento.


OK. Depois de muitas conversas por Whatsapp, muitas referencias, Pins (Pinterest),  estamos finalmente preparados.

Preparados para o programado e dispostos aos imprevistos.


Making Of

Adoramos registrar todas as etapas deste dia. Isto quer dizer que começamos com Making of do noivo e da noiva. Somos um casal de fotógrafos, logo não é difícil se dividir.

Trabalhar com fotografia é um ofício de observação atenta; mas antes de tudo exige um envolvimento emocional com os noivos e suas famílias. Elas sonharam a vida inteira por este momento. Tato e delicadeza são fundamentais.

Dito isto: o making of é o momento de se divertir, relaxar os noivos.



Muita expectativas estão envolvidas. E é neste momento em que emoções poderosas são captadas. Ali se quebra o gelo, a tensão e algo mágico acontece com muitos noivas e noivas que fotografamos ao longo dos anos: eles realizam que o Grande Dia do Casamento está acontecendo mesmo!


TUDO PRONTO!

Depois do Making of, o fotógrafo que está com o noivo vai para o local da cerimônia, para retratar a decoração e os convidados  antes da noiva chegar. Ali se corta a ansiedade com faca rs. O noivo está uma pilha de nervos. Nossas lentes estão atentas a tudo, a família  chegando e a ansiedade aumentando. 

A outra fotografa (Arisa) está com a noiva, provavelmente se divertindo muito. O making of de noivas é bem animado. A função desta fotografa é acompanhar a noiva por todo o caminho, incluindo o carro que irá traze-la.


A CERIMONIA.

Este é o momento mais tenso para qualquer fotógrafo de casamento. Pode perguntar para qualquer bom fotógrafo: aquele friozinho na barriga acontece toda vez. É ali que está toda a nossa concentração de meses de planejamento:




A expressão do noivo quando vê a noiva

A alegria no rosto da noiva

Os pais

Todos os padrinhos e madrinhas.

Os familiares 

todos 

Estão ali por aquelas duas pessoas...


Para mim pelo menos, a adrenalina só abaixa quando vejo os noivos saírem.


O ENSAIO (pós cerimônia.)

Neste ponto muda de casamento para casamento. Ou fazemos o ensaio no próprio lugar onde aconteceu a cerimonia ou onde vai rolar a recepção. Enfim, não faz diferença.


Todas, repito, TODAS as pessoas que estão ali, estão pelos noivos. Competir com isto é pouco difícil; driblar todos os convidados que estão ávidos a parabenizar os noivos. 


Brincamos com os noivos: “Sem contato visual com ninguém!”. Isto porque estes minutos pós cerimonia vão ser um dos poucos momentos em que teremos a dedicação total deles. Após a entrada na recepção fica um pouco mais difícil. E mais, neste ponto a maquiagem, a roupa, tudo ainda está perfeito. Registrar este momento dos dois finalmente juntos: marido e mulher.


Começa a Festa

Deste ponto vai mudar muito, cada casamento é único. Porém o mais difícil , para nós , os fotógrafos,  já foi. É hora de se divertir com nossas câmera. Vai rolar fotos com os convidados, fotos mais descontraídas, fotos na mesa, buque e …TAH DAH TAH!!! BALADA. Fotos incríveis são feitas durante a festa e ao fim da festa.


Enfim.

Ao fim da noite, estamos muito realizados. Amamos nosso trabalho. Nossa paixão é retratar este dia único na vida das pessoas, com muito amor e dedicação.